Make your own free website on Tripod.com

"PREFÁCIO"

 

São Mateus escreveu no seu Evangelho: ... “havia aos pés da Cruz muitas mulheres”... (Mt 27, 55)

Ao longo da história, de fato muitas mulheres estiveram aos pés da Cruz, e sem dúvida, entre elas, está Santa Gema Galgani, a mística da Paixão do SENHOR, a “Flor da Paixão”, como é também denominada.

Ela não foi uma Irmã Passionista como desejava tanto, a sua saúde precária não lhe permitiu, foi rejeitada. Mas foi passionista no amor e na paixão que devotou com todas as suas forças, ao SENHOR Crucificado. E ela mesma, na sua Autobiografia escreveu: “As passionistas não me quiseram acolher, mas com certeza, estarei com elas após a minha morte”.

Sofreu muito durante a sua vida mantendo-a intimamente ligada a Paixão cruenta de JESUS, mas, sofreu consciente, entregando a sua vida em holocausto, para neutralizar a maldade no coração da humanidade, consolando o CRIADOR por causa dos pecados, das blasfêmias e de todas as transgressões do mundo. Vivendo entre os seus entes queridos, sua alma direcionava o olhar e o coração à eternidade. Ainda criança fez o voto de castidade perpétua, porque queria ser só de JESUS, de corpo e de alma. Usava o cilício e praticava severas macerações para dominar a sua vontade e não dar chance as investidas do maligno. E assim, tornou-se a “Vítima de JESUS Crucificado” por sua própria vontade, recebendo em seu corpo, as chagas e os flagelos da Paixão, como recompensa Divina a sua perseverante dedicação no amor a DEUS. E a caridade de Gema cresceu tão admiravelmente sob a Luz do ESPÍRITO SANTO, que ela se revelou uma eficaz e primorosa intercessora, conseguindo de JESUS graças impressionantes, que converteu pecadores, mesmo os mais renitentes e frios, trazendo-os de volta ao redil do SENHOR.

Por outro lado, a piedade de Gema também sempre esteve em evidência, estendendo a mão aos pobres e sofredores, auxiliando-os em todas as oportunidades, exercitando até a grandeza excessiva de seu boníssimo coração, sendo por essa razão, repreendida pelo seu confessor, pelo excesso de bondade sem o conhecimento paterno.

Também, muito importante foi o perseverante exemplo do seu amor, na magnitude maior de sua força, revelando que assimilou em plenitude o ensinamento Divino que coloca o amor como fundamento para a felicidade eterna: “Tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim”. (Jo 13,1)

Santa Gema Galgani tinha um amor tão grande, que NOSSA SENHORA admirando a sua alma, lhe disse: “Filha, tu és para mim como o perfume de um agradável incenso”.

Depois de sua morte, o seu confessor Padre Germano Ruoppolo (de Santo Estanislau) reuniu os seus escritos, cartas e mais de uma centena de testemunhos oculares, imprimindo um livro sobre a Vida de Gema "Biografia da Serva de DEUS Gema Galgani", que teve um acolhimento público tão notável, que Sua Santidade, o Papa Pio X convidou-o a lhe confirmar pessoalmente, todos aqueles admiráveis e extraordinários acontecimentos na vida dela.

Por todos estes fatos, que são exemplos edificantes e maravilhosos, concluímos esta apresentação afirmando que, conhecer SANTA GEMA GALGANI é descobrir mais uma preciosa porta de acesso aos Sagrados e Misericordiosos Corações de JESUS e de MARIA.

 

APOSTOLADO DOS SAGRADOS CORAÇÕES

http://www.apostoladosagradoscoracoes.com/

 

Próxima Página

Retorna ao Índice